Saude na Internet    Desde 1998

início > Saudável depois dos 60 anos > Violência e agressividade em portadores de Alzheimer

UniEuropa Business School

Violência e agressividade em portadores de Alzheimer


UniEuropa Business School PUBLICIDADE
Entenda o Alzheimer :

Alzheimer, conhecido também como o Mal de Alzheimer ou Doença de Alzheimer (DA), é uma doença degenerativa. Embora atualmente seja incurável, possui tratamento que pode melhorar muito a qualidade de vida do portador.

Alzheimer hoje é a principal causa de demência em pessoas com mais de 60 anos no Brasil e em Portugal.

A doença atinge 1% dos idosos entre 65 e 70 anos mas apresenta aumento exponencial, atingindo mais de 60% depois dos 90 anos.


Tratamento do Alzheimer:

Com o tratamento é possível melhorar a condição de saúde do portador, retardar o declínio cognitivo, tratar os sintomas da doença, proporcionar conforto e qualidade de vida ao idoso e sua família, além de controlar as alterações de comportamento.


Como conviver com a violência e agressividade do portador de Alzheimer:

Ocasionalmente, o portador de Alzheimer (DA) pode manifestar sentimentos de agitação, raiva ou mesmo agressividade anormal.

É importante ficar atento às mudanças comportamentais do portador.

Essas mudanças podem acontecer devido a uma série de razões, tais como:
- redução da capacidade de expressar sentimentos um pouco mais complexos,
- redução da capacidade de compreender as reações de outros indivíduos,
- sentimento de perda da capacidade de sociabilização,
- perda do discernimento.

Cabe ressaltar que essas mudanças comportamentais podem ser sinais de algum problema de saúde, tais como: desidratação crônica, infecções (urinárias ou pulmonares) ou mesmo algum outro mal-estar.

Fique atente às mudanças comportamentais que ocorrerem de maneira súbita e persistentes. Nesse caso, contate um médico já que as mesmas não são esperadas.

Como reagir nessas situações?

É importante, antes de tudo, manter a calma. Demonstrar medo, irritação ou mesmo ansiedade pode agravar ainda mais o relacionamento.

Respeite o portador de Alzheimer (DA) dando a ele mais espaço e busque entreter o portador com uma atividade mais tranquila.

Busque descobrir o que ocasionou essa reação e tente evitar o mesmo conflito no futuro.

Fique atento aos sinais. Caso o estado de irritabilidade persistir por mais tempo, ou mesmo, tornar-se mais corrente, é importante buscar ajuda estabelecendo um diálogo com o médico e familiares.


UniEuropa Business School

Publicado em: 20/12/2006. Última revisão: 22/02/2019
 COLABORADORES 

Redação Saúde na Internet

 PARA SABER MAIS 
ABRAz - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ALZHEIMER
www.abraz.com.br
Guia de Segurança e Nutrição para portadores de Alzheimer. Phoenix Comunicação Integrada.