Saude na Internet    Desde 1998

início > Saudável depois dos 60 anos > A alimentação do portador de Alzheimer

A alimentação do portador de Alzheimer


Entenda o Alzheimer :

Alzheimer, conhecido também como o Mal de Alzheimer ou Doença de Alzheimer (DA), é uma doença degenerativa. Embora atualmente seja incurável, possui tratamento que pode melhorar muito a qualidade de vida do portador.

Alzheimer hoje é a principal causa de demência em pessoas com mais de 60 anos no Brasil e em Portugal.

A doença atinge 1% dos idosos entre 65 e 70 anos mas apresenta aumento exponencial, atingindo mais de 60% depois dos 90 anos.


Tratamento do Alzheimer:

Com o tratamento é possível melhorar a condição de saúde do portador, retardar o declínio cognitivo, tratar os sintomas da doença, proporcionar conforto e qualidade de vida ao idoso e sua família, além de controlar as alterações de comportamento.


Como ajudar na alimentação do portador de Alzheimer:

O portador muitas vezes precisa ser acompanhado e supervisionado no momento da refeição.

Em outros casos, quando o portador não tem mais o discernimento, o próprio familiar e/ou cuidador é que deverá alimentá-lo pessoalmente.

Podem ocorrer alguns problemas como, por exemplo, dificuldade de deglutir alimentos e engasgos.

Nesses casos, recomenda-se um cuidado especial no preparo das refeições.

Os alimentos podem ser cortados em pequenos pedaços e, em casos mais extremos, triturá-los. Uma dica importante é servir pequenas porções de cada vez, lembrado o portador de comer lentamente.

O cuidador e/ou familiar deve aconselhar e supervisionar ato de alimentar, já que muitas vezes, o portador de Alzheimer pode até esquecer que já se alimentou ou mesmo como manusear os talheres.

No caso de que o portador não tenha discernimento para manipular talheres, recomenda-se que os alimentos possam ser manipulados com as próprias mãos, desde que as refeições sejam preparadas para esse fim.

Algumas vezes, queimaduras na boca e Iíngua do portador podem ocorrer devido à temperatura dos alimentos. Verifique se os mesmos estão na temperatura adequada para consumo.

Caso o portador apresente dificuldades para deglutir (sintomas de pigarros e/ou engasgos), consulte o médico ou o fonoaudiólogo para aprender quais as técnicas específicas para estimular a deglutição.
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

Publicado em: 20/12/2006. Última revisão: 02/03/2018
 COLABORADORES 

Redação Saúde na Internet

 PARA SABER MAIS 
ABRAz - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ALZHEIMER
www.abraz.com.br
Guia de Segurança e Nutrição para portadores de Alzheimer. Phoenix Comunicação Integrada.