Saude na Internet    Desde 1998

início > Saúde da gestante > Amamentação materna

Amamentação materna


Os bebês alimentados com leite materno têm menos doenças e sofrem menos desnutrição do que os bebês alimentados com mamadeira.

Mamando só no peito, o bebê não precisa beber água.

O bebê deve ser amamentado pelo menos seis meses.

O leite materno é o melhor e mais completo alimento para seu filho. Ele tem tudo o que o bebê precisa para se alimentar como proteínas, vitaminas, sais minerais, gorduras e líquidos.

O leite materno ajuda no crescimento, desenvolvimento mental, reforça a ligação mãe-filho, é fonte de prazer e ajuda o corpo da mulher a voltar ao normal mais depressa.

Toda mãe tem leite, mas às vezes sai em pouca quantidade, é necessário paciência e insistir na amamentação.

O desejo de amamentar é muito importante.Quanto mais cedo o bebê mamar, mais rápida será a produção do leite.

O Aleitamento materno estimula maior produção de leite.

O bebê deve sugar o peito com frequência para estimular a produção de leite em quantidade suficiente para suprir suas necessidades.

- A mãe e seu bebê recém-nascido devem ficar juntos, no mesmo quarto, 24 horas por dia.

- O início da amamentação logo após o parto estimula a produção do leite;

- Não existe leite fraco. Amamentar é um ato natural;

- O aleitamento materno ajuda a proteger o bebê contra doenças perigosas;

- O leite materno de cor amarelada dos primeiros dias chama-se colostro e é muito importante para a saúde do bebê, pois ajuda nas funções intestinais e ajuda a protegê-lo contra infecções comuns;

- Não fume e nem permita que fumem perto do bebê;

- Comece a amamentar oferecendo o seio que estiver mais cheio. O bebê deve abocanhar toda a auréola e não só o bico. Deixe seu filho mamar o tempo que quiser. Só quando esvaziar um seio é que você deve oferecer o outro. A posição de como a mãe segura seu bebê no peito é importante, pois posições incômodas podem levar a recusa do bebê em sugar o seio, rachaduras no bico e diminuição do leite. Não amamente a criança na posição deitada;

- Nas primeiras semanas, você deve amamentar todas as vezes que o bebê chorar, mesmo que isso aconteça várias vezes por dia ou noite. Com o tempo ele mesmo regulará as mamadas;

- Terminando de amamentar, levante o bebê, apoiando a cabeça dele em seu ombro. Fique nesta posição até que ele arrote;

- Depois que o bebê arrotar, deite-o de lado. Esta posição evita que o bebê fique sufocado caso vomite um pouco de leite;

- O aleitamento também conforta a criança quando ela está assustada, chorosa ou insegura;

- A maioria dos métodos para se evitar a gravidez, incluindo camisinha, DIU, diafragma não afetam o aleitamento. Entretanto, as pílulas anticoncepcionais convencionais podem reduzir a quantidade de leite;

- Às vezes, quando se começa a amamentar podem surgir rachaduras no bico do seio, mas isso não é motivo para você parar de amamentar. Não use pomadas, cremes ou qualquer outro produto no seio. Tome regularmente banho de sol direto nas mamas para prevenir e ajudar a cicatrizar as rachaduras;

- A partir dos seis meses de vida, o bebê precisa de outros alimentos e líquidos. É a hora que entra as papinhas, sucos, sopinhas e outros alimentos.
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

Publicado em: 18/12/2012. Última revisão: 29/04/2018
 COLABORADORES 

Redação Saúde na Internet

 PARA SABER MAIS 
OMS - Brasil
Organização Mundial da Saúde
http://www.who.int/countries/bra/es/