Saude na Internet    Desde 1998

início > Saudável depois dos 60 anos > Vacinas para Hepatite

UniEuropa Business School

Vacinas para Hepatite


UniEuropa Business School PUBLICIDADE
As hepatites virais são um grave problema de saúde pública no Brasil no mundo.

Subdividida nos tipos A, B, C, D e E, a doença ataca o fígado e pode ter diferentes causas, como fatores hereditários, ambientais, ou uso de medicamentos e álcool.

Os quadros clínicos das hepatites, por sua vez, são diversificados, podendo ser assintomáticos (sem sintomas), sintomáticos (com sintomas), ou ainda fulminantes.

Para prevenção das hepatites A e B existem vacinas separadas ou combinadas AB.

“A vacina combinada é tão eficaz quanto as separadas. A vantagem está em receber apenas uma picada”, garante a gestora do Sabinvacinas.

Por outro lado, ainda não existem vacinas para as hepatites C, D e E.

As vacinas devem ser tomadas em esquema de três doses nas pessoas saudáveis, e de quatro doses em prematuros e imunodeprimidos.

Vale lembrar que apenas o esquema completo imuniza o indivíduo e quanto mais cedo a vacinação é iniciada, melhor o efeito.

“A primeira dose é aplicada no dia escolhido, a segunda após 30 dias e a terceira após 180 dias da primeira dose. Em recém-nascidos, o ideal é receber a primeira dose da vacina logo após o nascimento, nas primeiras 12 horas de vida, ainda na maternidade, para evitar a transmissão vertical”, afirma médica responsável técnica e gestora do Sabinvacinas, dra. Ana Rosa dos Santos.


UniEuropa Business School

Publicado em: 28/07/2011. Última revisão: 03/11/2019
 COLABORADORES 

Profissionais do Texto - Assessoria de Comunicação
todos artigos publicados