Saude na Internet    Desde 1998

início > Saúde da família > Febre amarela

Febre amarela


A Febre Amarela é uma infecção aguda causada por um vírus de gravidade variável, caracterizada por início súbito, febre, pulso lento e dor de cabeça.

Prostração*¹ severa, náuseas, vômitos, dores musculares, inquietude e irritabilidade são sintomas comuns.

Se a doença for leve, ela termina neste estágio, após 1 a 3 dias.

Nos casos severos aparecem icterícia, perda de proteína pela urina (albuminúria) e vômitos hemorrágicos. Delírio, convulsões e coma aparecem na fase terminal.

Nos casos leves a convalescença é breve,não existindo seqüelas conhecidas.

O vírus da Febre Amarela urbana é transmitido pela picada de um mosquito chamado Aëdes aegypti que foi infectado duas semanas antes, ao se alimentar em um paciente portador do vírus.

A Febre Amarela silvestre é transmitida por outros mosquitos de florestas que adquirem o vírus de macacos selvagens .

Encontramos o vírus da Febre Amarela na África Central e em áreas da Améria Central e do Sul.

Com o desenvolvimento do turismo ecológico, os turistas são infectados nas florestas e trazem o vírus para as cidades.

Não existe remédio para combater a infecção. A medicina se limita a tratar os sintomas para impedir que o paciente morra.

As únicas formas de evitar a Febre Amarela são combater o mosquito e vacinar a população das áreas de risco.

Alertamos que a vacina deve ser feita no mínimo 10 dias antes de uma viagem para as zonas de risco e que a imunização dura ao redor de 10 anos.

*¹mal estar geral, que leva à sensação de 'perda de forças', com abatimento extremo.
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

Publicado em: 01/04/2000. Última revisão: 20/12/2018
 COLABORADORES 
Dra. Marta Maria Spohr Diefenthaeler Marta Maria Spohr Diefenthaeler é formada pela Faculdade Católica de Medicina do Rio Grande de Sul - Porto Alegre. Curso de Pós-graduação em Geriatria pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - Porto Alegre. Cremers: 3918
todos artigos publicados