Saude na Internet    Desde 1998

início > Saúde da família > Tipos de Diabetes

UniEuropa Business School

Tipos de Diabetes


UniEuropa Business School PUBLICIDADE
Homens e mulheres, em qualquer idade, estão expostos a uma doença silenciosa, crônica e grave.

A diabetes é ocasionada pelo excesso de açúcar no sangue, devido à falta ou má absorção de insulina.

Caso não seja tratada, pode acarretar vários outros problemas de saúde, como, a cegueira, amputação de membros por infecção e até mesmo causar a morte.

_A diabetes, em alguns casos, pode ser fatal, principalmente por suas complicações renais, neuropatia diabética (lesão dos nervos) e também por infartos silenciosos, pois é uma patologia que está associada a várias outras_, explica a Dra. Fauzi Rached, clínica médica do Hospital Daher.

Os sintomas da diabetes são comuns e podem ser relacionados a outras doenças.

Por isso é importante procurar um médico e fazer exames regulares para evitar o agravamento da doença e danos à saúde.

Os sintomas são:
- aumento do apetite,
- alterações visuais,
- impotência,
- infecções,
- poliúria (aumento do volume urinário),
- polidpsia (perda de água pela urina),
- distúrbios cardíacos e renais,
- dentre outros.

A obesidade, hereditariedade, sedentarismo, hipertensão, idade acima dos 40 anos e estresse emocional são fatores que favorecem o desenvolvimento da doença.

Existem dois tipos de diabetes, o tipo I e II.

O primeiro, se refere à pouca produção de insulina, ou em alguns casos nenhuma, e surge na infância ou adolescência.

O tratamento consiste na aplicação diária de injeções à base de insulina.

Já o tipo II, ocorre geralmente após os 40 anos e o paciente utiliza medicamentos para diminuir a quantidade de açúcar no sangue.

_Tanto a aplicação de insulina quanto o uso oral de medicamentos devem ser aliados a uma alimentação correta e a prática de exercícios físicos (realizados diariamente) para o controle das taxas_, alerta a Dra. Rached.

Para prevenir e evitar o alastramento da doença é necessário a adoção de hábitos saudáveis e manter um acompanhamento médico periódico.

_Hoje em dia, a diabetes é uma doença que não tem cura, mas é possível controlá-la através de orientações feitas por um especialista. Um tratamento bem feito garante qualidade de vida para o paciente, diferentemente de quando não é tratada, além de proporcionar uma vida mais saudável_, conclui a médica.


UniEuropa Business School

Publicado em: 05/03/2013. Última revisão: 21/05/2019
 COLABORADORES 

O Hospital Daher atua a mais de 20 anos e tornou-se um referencial em atendimento em todo o Distrito Federal.
todos artigos publicados