Saude na Internet    Desde 1998

início > Saúde do jovem > Reciclagem de papelão

Reciclagem de papelão


No que difere a reciclagem de papel branco e papelão? É possivel fazer papel branco de papel reciclado?

A grande diferença na reciclagem do papel branco e do papelão é a qualidade do papel e o tamanho das fibras que o compõem.

Se você olhar com cuidado e bem de perto vai perceber que o papel é feito de inúmeras fibras que se cruzam. São elas que lhe dão resistência.

Dependendo do tipo de polpa que é usada para fazer o papel (pode ser pinho, eucalipto ou até outras fibras vegetais como algodão, linho, etc.) ele vai ter fibras mais longas ou curtas e vai ser mais ou menos resistente.

Por isso papel branco é mais caro e inclusive a apara (resto de papel) branca também alcança maior valor no mercado.

E cada vez que se recicla diminui o tamanho das fibras e ele fica um pouco mais fraco. Por isso que para reciclar muitas vezes o mesmo papel, deve-se colocar um pouco de fibra virgem para aumentar a sua resistência.

Um outro problema são os pigmentos presentes no papel.

Para fazer papel branco a polpa (de fibra virgem ou papel já usado) deve passar por um processo químico de branqueamento. Por isso quanto mais pigmento um papel tem, mais difícil fica reciclá-lo e conseguir a partir dele um papel branco.

Na realidade o ideal seria que mudássemos alguns dos nossos hábitos.

Por que necessitamos de um papel tão branco, muitas vezes para uso tão simples (rascunho, caderno de anotações, etc).

E ainda, por que precisamos de produtos e embalagens de papel tão coloridos e cheios de pigmentos muitas vezes tóxicos, que de uma forma ou de outra vão acabar no ambiente, caso sejam sendo reciclados ou não?
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

Publicado em: 14/11/2007. Última revisão: 25/07/2018
 COLABORADORES 
Maria Lucia Barciotte Maria Lucia Barciotte é Bióloga, Mestre em Biologia e Doutora em Saúde Pública e Ambiental pela Universidade de São Paulo.
todos artigos publicados