Saude na Internet    Desde 1998

início > Saudável depois dos 60 anos > O superchocolate

O superchocolate


Além de saboroso ele contribui para a nossa saúde. Uma notícia ainda mais agradável surge dos pesquisadores da Unicamp: pode estar vindo aí o Superchocolate!

Segundo a engenheira de alimentos Priscila Efraim, da Universidade de Campinas (Unicamp), “as pesquisas sobre os flavonóides no chocolate têm mostrado benefícios como a diminuição do risco de doenças cardiovasculares, diminuição do colesterol e melhoria no sistema imunológico”.

Os flavonóides funcionam como antioxidantes no nosso corpo, combatendo os radicais livres, tão famosos por apressar o nosso envelhecimento e provocar doenças como o câncer.
No chocolate, esses flavonóides tem sua origem no cacau. O problema é que, segundo o estudo da pesquisadora, durante a produção do chocolate, em média 70% dos flavonóides são perdidos devido a reações bioquímicas na fermentação.

Em pouco tempo pode estar disponível no mercado um superchocolate, muito mais rico em flavonóides que os existentes nas prateleiras e ainda mais saudável para a nossa saúde. Isso porque os pesquisadores estão trabalhando no desenvolvimento de novas técnicas de fermentação do chocolate.
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

Publicado em: 18/11/2007. Última revisão: 27/04/2019
 COLABORADORES 

Redação Saúde na Internet

 PARA SABER MAIS 
Efraim, Priscilla - Estudo para minimizar as perdas de flavonóides durante a fermentação de sementes de cacau para produção de chocolate - 17/02/2004
Orientador: García, Nelson Horacio Pezoa
Unicamp