Saude na Internet    Desde 1998

início > Saúde da mulher > Anticoncepcionais hormonais

Anticoncepcionais hormonais


Existem vários métodos de Anticoncepção:

* de barreira (Camisinha por exemplo)
* comportamentais (Bilings)
* definitivos (Esterilização)
* hormonais.

Neste artigo trataremos dos métodos hormonais.

Estão disponíveis no mercado vários tipos de pílulas anticoncepcionais, o que as diferenciam é o tipo de hormônio que as compõe e suas doses.

Resumidamente temos três tipos: as de alta dosagem, média dosagem e de baixa dosagem.

As de alta dosagem são as pílulas que contem alta concentração hormonal. Por isso em um grande número de mulheres, causam vários efeitos colaterais como por exemplo, aumento de peso, dores de cabeça, náuseas etc.

Nas pílulas de média dosagem esses efeitos ocorrem com menor freqüência.

Já nas de baixa dosagem hormonal são raros os efeitos colaterais.

Mas fique atenta: toda medicação pode ter efeitos colaterais devendo ser prescrita apenas por profissionais especializados, devendo haver um acompanhamento médico para verificação da existência de efeitos colaterais.

Existe ainda os anticoncepcionais injetáveis. Neste tipo de medicação toda a dosagem hormonal é dada em uma única dosagem mensal, sendo liberado gradativamente no organismo.

A prescrição é feita de acordo com a s condições clínicas de cada paciente, visando uma melhor adequação da medicação.


Publicado em: 01/01/2000. Última revisão: 22/12/2018
 COLABORADORES 
Dra. Maria Beatriz Piraí de Oliveira Dra. Maria Beatriz Piraí de Oliveira - Médica Ginecologista e Obstetra. Especialização em Colposcopia e Cirurgia de Alta Freqüência pelo IBCC( Instituto Brasileiro de Combate ao Câncer) .
todos artigos publicados