Saude na Internet    Desde 1998

início > Saúde da família > Vômitos e Anorexia

Vômitos e Anorexia


O vômito em crianças pequenas pode ser um prenúncio de anorexia?

Caso apresentado:
"Menina de três anos começou a emagrecer. Não suportava comer e chegava a vomitar quando os familiares insistiam. A pediatra dizia que estava bem, pois estava na fase de crescimento. O vômito poderia ser um prenúncio de anorexia?"

Não é comum uma criança nessa idade perder peso sem um motivo concreto. Foi levantada a hipótese de ser um distúrbio anoréxico, o que parece pouco provável. Normalmente os primeiros sintomas da anorexia nervosa inicia-se na pré-adolescência, intensificando-se na adolescência.

Existe sempre um motivo oculto por trás da atitude de uma criança que não quer se alimentar.

Alguns questionamentos precisam ser feitos:
- Ela nega todos os alimentos ou existe alguns que ela aceita?
- Sua perda de peso foi brusca ou vem acontecendo gradativamente?
- Ela iniciou alguma atividade física?
- A criança é ansiosa?
- Sente medo dos pais?
- Existiu alguma mudança no ambiente familiar recentemente?

Essa ultima pergunta merece uma atenção especial, pois qualquer alteração no ambiente familiar exerce um forte impacto sobre a maioria das crianças, deixando-as muitas vezes inseguras e ansiosas.

As mudanças mais comuns são: nascimento de um novo irmão; mudança de casa; colégio ou cidade; falta de um dos pais por muito tempo; morte de algum parente próximo ou mesmo de um animal de estimação, entre outros.

Observe se sua filha está passando por algum momento de mudança, ou se existe algo dentro ou fora de casa que a incomoda deixando-a temerosa.

Existem também algumas perguntas que deverão ser feitas aos pais, tais como: os pais demostram afeto entre si? conseguem dar atenção e carinho à criança? os pais discutem na frente dela? têm tempo e disposição para brincar com ela? são exigentes, críticos, ou cobradores em relação à criança?

Pais exigentes demais fazem com que as crianças se sintam pressionadas não só durante as refeições mas também ao longo do dia. Ao se sentirem pressionadas elas ficam sem saber como se defender. O vômito neste caso, serve como forma de defesa e uma maneira para mostrar aos pais, a sua insatisfação com tamanha pressão.

É importante que os pais não fiquem ansiosos com o comportamento da criança. É bom diminuir a pressão na hora das refeições. Respeite a individualidade da criança. Procure fazer com que a refeição seja uma hora de prazer e tranqüilidade.
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

Publicado em: 11/11/2007. Última revisão: 13/07/2017
 COLABORADORES 
Maury Braga Maury Braga é Psicólogo Clínico Graduado pela PUCRS - Porto Alegre e Licenciado em Educação Física pela UFRGS - Porto Alegre. CRP: 07/04436.
todos artigos publicados