Saude na Internet    Desde 1998

início > Saudável depois dos 60 anos > Vacina contra a gripe

Vacina contra a gripe


Todos os anos é preciso renovar a dose da vacina contra a gripe. Isso acontece por que a proteção contra a doença, seu poder imunogênico, vai diminuindo com o tempo e pode se tornar muito baixa para garantir a segurança da pessoa no ano seguinte.

A composição da vacina contra a gripe sazonal é atualizada anualmente para garantir a eficácia da imunização. Mesmo assim, segundo determinação da Anvisa, as vacinas que serão utilizadas a partir de fevereiro deste ano vão conter as mesmas cepas de vírus recomendadas para a vacinação em 2011.

Elas serão compostas por duas cepas do vírus influenza A – o AH1N1 e o AH3N2 – e um vírus influenza B, segundo orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Isso ocorre porque os mesmos vírus continuam circulando, mas a imunidade da pessoa diminui.

De acordo com a médica do Sabinvacinas, Ana Rosa dos Santos, a vacinação contra a gripe deve iniciar aos seis meses de idade.

Ela também ressalta a importância de uma atenção especial aos adultos com mais de 60 anos.

Nessa faixa etária, a vacina evita possíveis complicações. Uma simples gripe pode se evoluir para uma pneumonia, por exemplo.

“Geralmente, essas pessoas estão mais vulneráveis a doenças crônicas associadas, que são, entre outras, a diabetes, cardiopatias e nefropatias”, explica.

A gripe é uma doença viral infecciosa do sistema respiratório de alta transmissibilidade entre pessoas.

Suas complicações acometem principalmente os grupos de riscos, como gestantes, crianças menores de dois anos de idade, profissionais de saúde e pessoas acima de 60 anos.

“A vacinação é o primeiro e mais importante passo para proteger a si mesmo e aos próximos contra a gripe”, alerta Ana Rosa.
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

Publicado em: 07/12/2012. Última revisão: 09/10/2017
 COLABORADORES 

Profissionais do Texto - Assessoria de Comunicação
todos artigos publicados