inicio do site saude da gestante saude da familia saude do jovem saude da mulher saude do homem saudavel depois dos 60 anos Saude na Internet!

início > Saúde da mulher > Os cabelos da mulher depois dos 40 anos

Os cabelos da mulher depois dos 40 anos

Publicado em: 08/02/2002. Última revisão: 01/01/2014
Dra. Shirlei Schnaider Borelli Dra. Shirlei Schnaider Borelli - Médica Dermatologista. Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia - SBD e Regional São Paulo, membro da Société Française de Mesothérapie, membro da American Academy of Dermatology - AAD.
todos artigos publicados

- Os cabelos da mulher depois do 40 anos

O que ocorre de importante é uma diminuição na oleosidade do couro cabeludo, podendo dar a impressão de um cabelo mais quebradiço e seco, pois obviamente a diminuição da oleosidade se reflete no fio de cabelo.

Como o climatério varia quanto à sua chegada, esta idade parece estar mais associada aos 50 anos.

Já aos 60 anos por uma diminuição maior dos hormônios femininos.

Pode ocorrer então a diminuição importante do volume dos cabelos que se tornam também mais finos.


- mudanças hormonais

Sem dúvida é a falta ou diminuição do estrógeno (hormônio sexual feminino ) o fator mais importante e que pode levar muitas mulheres à diminuição do volume dos cabelos.


- Fatores externos

As causas externas como tinturas, alisamentos, poluição e outros também influenciam na aparência do fio, e mais ainda, nesta fase torna-se mais freqüente o tingimento do cabelo com produtos químicos, o que agrava ainda mais o problema.


- Os cabelos brancos

A canície (cabelo branco) é determinada geneticamente e seu aparecimento é variável quanto à idade, de pessoa para pessoa.

A tintura torna-se então mais freqüente para encobrir os cabelos brancos, o que passa a danificar mais o fio.

Entretanto, hoje em dia existem cada vez mais e melhores produtos que tentam minimizar este problema.


- Tipos de cabelos

Alguns cabelos geneticamente são melhores constituídos e vão sofrer menos com quaisquer variações.

Cabelos crespos ou muito finos ou ainda escassos que sofreram durante a vida toda por estas características vão sofrer ainda mais com a chegada do climatério.

Muitos destes casos necessitam ajuda médica especializada.


Dicas para conservar o cabelo bonito:

- Xampús:

Xampús com proteínas e aminoácidos, outros próprios para cabelos tingidos com substâncias que permitem uma maior retenção da tintura ao fio são uma boa dica para manter o cabelo com brilho e tornar menos freqüente o processo de tingimento.

- Máscaras:

Máscaras com colágeno ou hidratações com óleos essenciais também podem ser utilizados.

Como tratamento, se a perda de cabelo é muito importante, podem ser utilizados anti-hormônios masculinos, loções contendo hormônios femininos e como técnica, a mesoterapia capilar, onde introduzimos princípios ativos e enzimas para estimular a circulação do couro cabeludo e a nutrição do fio.  


Assinar feeds RSSSaiba mais sobre feeds RSS
Adicionar o site aos Favoritos
Recomendar o site a um(a) amigo(a)
Adicionar ao del.icio.us

Nós aderimos aos princípios da charte HONcode da Fondation HON Nós aderimos aos princípios da carta HONcode.
Verifique aqui.

Os leitores que chegaram a este artigo, buscaram as seguintes tags:

cabelos,  climaterio,  menopausa,  anos,  40,  50,  60,  hormonais,  hormonios,  estrogeno,  volume,  tinturas,  alisamentos,  poluicao,  cabelos brancos,  canicie,  xampu,  cabelos depois dos 40,  cuidados,  queda, 






início | gestante | família | jovem | mulher | homem | + de 60

busca no site | dicas de saúde no seu e-mail | fale conosco
política de privacidade | política comercial | aviso legal | RSS | mapa do site
sobre a Saúde na Internet | nossos colaboradores | seja um colaborador | anunciar