Saude na Internet    Desde 1998

início > Saúde da mulher > Drenagem Linfática

Drenagem Linfática


Como funciona a drenagem linfática? Qual o seu benefí­cio para o nosso corpo?

O sistema linfático¹ é uma fina rede de canais diminutos que acompanham as artérias e veias do sistema sangüíneo.
Sua função é drenar o excesso de líquidos e resíduos dos processos metabólicos (toxinas) e encaminhar para os órgãos de eliminação.
Porém, o sistema linfático não possui uma bomba como o sistema sangüíneo (coração) e o fluxo dos líquidos nesse sistema se dá por contrações musculares.

As manobras utilizadas na drenagem linfática manual tem como efeito desintoxicar mais rapidamente os líquidos do corpo e acelerar a eliminação de toxinas e líquidos retidos nos tecidos.

Auxiliando na eliminação da celulite e gordura localizada, colabora para elevar as defesas manuais do corpo e a longo prazo atua rejuvenescendo o organismo, já que uma das causas fisiológicas do envelhecimento é a densificação da substância intersticial (líquido extra celular).

A drenagem linfática manual também pode ser utilizada nos pré e pós operatórios, pois ajuda a fortalecer o organismo e a eliminar mais rapidamente do corpo as toxinas geradas pelos resíduos dos medicamentos, soro, anestésicos, etc. Ela também é benéfica após um tratamento prolongado com medicamentos.

A drenagem linfática só é contra-indicada para pessoas com câncer e aids, inflamação crônica e trombose em estados mais avançados.

¹Sistema linfático - É um anexo do sistema sangüíneo, seu papel maior é restituir a circulação sangüínea os materiais intercelulares estranhos, ou ali colocados em excesso, que por vários motivos não podem ingressar nos capilares sangüíneos.
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

Publicado em: 12/11/2007. Última revisão: 21/11/2017
 COLABORADORES 
Marines Marchioro Marines Marchioro é Massoterapeuta, formada pela Escola ALTEN/RS com Especialização em Do-In (Juracy Cançado/RJ) e Massagem Bionergética (Ralph Viana/RJ). Conselho Federal de Massoterapia número 1560.
todos artigos publicados