Saude na Internet    Desde 1998

início > Saúde da família > Diarreia infantil

Diarreia infantil


( Rafael Dias Borges )
Extremamente comum entre as crianças, a diarreia é motivo de preocupação para os pais.

Além do desconforto e de situações embaraçosas, o problema pode se agravar levando a casos de desidratação.

A Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul alerta que a doença tem maior incidência no verão e as crianças são mais sensíveis a essas perdas.

Cuidar da hidratação é o ponto mais importante para recuperação do paciente e evitar que a situação se agrave.

- A maioria dos pacientes se reestabelece sozinho, porém, se a diarreia se repetir muitas vezes durante o dia, deve se procurar um posto de saúde ou a emergência mais próxima. O tratamento é feito com soro de reidratação oral e não há restrições alimentares - aponta a presidente da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul, Patrícia Miranda do Lago.

A diarreia pode debilitar e desidratar o paciente.

As causas podem ser por infecções virais ou bacterianas e podem ser acompanhadas de dor abdominal, vômitos e febre.

No verão o risco aumenta pelo calor que contribui para a desidratação.

A prevenção é fundamental.

Como recomendações práticas estão lavar sempre bem as mãos após ir ao banheiro, antes de cozinhar e quando voltar da rua.

Outro cuidado é lavar bem verduras e legumes.

Entre as dicas básicas para recuperação mais rápidas está a reidratação oral.

Também é indicado beber bastante líquido, de preferência água, água de coco, chás ou sucos naturais coados; lavar e cozinhar bem os alimentos; evitar alimentos crus, gordurosos e frituras.
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

Publicado em: 20/12/2012. Última revisão: 11/11/2017
 COLABORADORES 

PlayPress Assessoria de Imprensa
todos artigos publicados


A Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul foi fundada em 1936.
Atualmente conta com cerca de 1.750 sócios, e se constitui em orgulho para a classe médica brasileira e, em especial, para a família pediátrica.

todos artigos publicados