Saude na Internet    Desde 1998

início > Saúde da família > Dia Mundial do Diabetes - 14 de novembro

Dia Mundial do Diabetes - 14 de novembro


Oficialmente, o dia 14 de novembro é conhecido como o Dia Mundial do Diabetes.

Por meio de dados fornecidos pela Federação Internacional de Diabetes (IDF, sigla em inglês), em todo mundo, em 2012 eram mais de 300 milhões de pessoas com a doença.

De acordo com o Ministério da Saúde, no Brasil, aproximadamente 5,8% da população a partir dos 18 anos têm diabetes tipo 2, o que equivale a 7,6 milhões de pessoas.

São 500 novos casos por dia. O diabetes tipo 1 e 2, juntos, atingem 10 milhões de pessoas.

De acordo com o médico que atende a área de endocrinologia do Hospital e Maternidade MadreCor, Dr. Daniel Coutinho, “na maioria dos pacientes não há sintomas. Isto ocorre particularmente com o diabetes tipo 2”.

“Nesse caso, a pessoa pode passar muitos meses, às vezes anos, para descobrir a doença”, afirma.

Os sintomas muitas vezes são vagos, como formigamento nos pés ou cansaço.

“Portanto, é importante pesquisar diabetes mesmo que a pessoa não apresente sintomas. A realização do exame é recomendada para todos que estejam com o peso acima do ideal com pelo menos mais um fator de risco para a doença como: sedentarismo; parentes de primeiro grau com diabetes; hipertensão arterial; mulheres que tiveram filhos com mais de 4 Kg ou que tiveram diabetes gestacional; alteração no nível de triglicerídeos ou HDL; portadoras da síndrome dos ovários policísticos ou pessoas com antecedente de doença coronariana. Além disso, todas as pessoas com mais de 45 anos devem fazer a avaliação, mesmo que estejam com o peso corporal ideal, não tenham nenhum fator de risco e não apresentem sintomas”, alerta o médico.

Se a pessoa sente muita sede, vontade de urinar várias vezes, registra perda de peso (mesmo sentindo mais fome e comendo mais do que o habitual), tem visão embaçada, registra infecções repetidas na pele ou mucosas, seus machucados demoram a cicatrizar, tem fadiga (cansaço inexplicável) e dores nas pernas por causa da má circulação devem procurar o médico.

“Esses são os sintomas do diabetes”, reforça o endocrinologista.

“É importante que as pessoas façam sempre exames preventivos, mantenham o peso corporal adequado através da alimentação saudável e da prática regular de exercícios físicos, e fiquem atentas aos possíveis sintomas da doença”, finaliza o médico.
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

Publicado em: 14/11/2012. Última revisão: 14/11/2017
 COLABORADORES 

Érica Magalhães - MF Comunicação
todos artigos publicados


Hospital e Maternidade Madrecor
Avenida Francisco Ribeiro, 1111
Santa Mônica
Uberlândia / MG
Tel: (34) 3230-6000