Saude na Internet    Desde 1998

início > Saúde do homem > Dia dos Pais sem filhos é um problema?

Dia dos Pais sem filhos é um problema?


Cerca de 20% dos casais – ou um em cada cinco – apresentam problemas de infertilidade e, na metade dos casos, é resultado de um problema masculino.

Quando o Dia dos Pais desponta, é motivo de chateação para muitos homens que nutrem o sonho de ter filhos, mas ainda não conseguiram.

No entanto, o tratamento está ao alcance de todos, e a solução pode ser mais simples do que muitos imaginam.

Por puro desconhecimento, muitos homens se negam a admitir a infertilidade e, dificilmente, buscam tratamento.

“Quando se fala em infertilidade, várias pessoas fazem uma relação indevida com a impotência sexual e não admitem o problema, adiando a busca por ajuda especializada”, esclarece o médico e especialista em reprodução assistida, Marcos Sampaio.

No caso de infertilidade masculina, vários aspectos podem influenciar, mas a qualidade e a quantidade de espermatozóides têm sido as maiores causas”, afirma Marcos.

Segundo ele, pode-se destacar também a baixa produção ou completa ausência de espermatozóides, sua pequena mobilidade, ou ainda o formato inadequado do gameta, que inviabiliza a perfuração da camada externa do óvulo.

De acordo com Marcos Sampaio, a orientação médica especializada é indicada aos casais que, mesmo após um ano de tentativas, não conseguem ter filhos.

“A infertilidade envolve aspectos biológicos, psicológicos e sociais e, na maior parte dos casos existe algum tipo de tratamento disponível. Podem variar desde a simples orientação de um especialista, passando pela prescrição de remédios ou até mesmo o uso das mais avançadas técnicas de reprodução assistida”, completa.

Os tratamentos variam de acordo com o resultado da investigação da causa pelo médico.
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

Publicado em: 04/08/2009. Última revisão: 10/08/2017
 COLABORADORES 

Hipertexto Consultoria e Assessoria de Imprensa
Tel: 31.3227.4566 / 3223.5137 / 9404.0102 / 9404.0123
Jornalista responsável: Cilene Impelizieri

todos artigos publicados

Dr. Marcos Sampaio Dr. Marcos Sampaio é formado pela Universidade Federal da Bahia em 1987, obteve diploma em Fertilização in Vitro e investigação biomédica na Faculdade de Medicina de Valência, na Espanha. Em 1992, concluiu o doutorado em ginecologia e obstetrícia pela Universidade de Valência. O pós-doutorado em embriologia e fertilização foi concluído na Universidade de Melbourne, na Austrália. Diretor do Centro de Medicina Reprodutiva – Clínica Origen, com matriz em Belo Horizonte e filiais no Rio de Janeiro e em São Paulo.
todos artigos publicados