Saude na Internet    Desde 1998

início > Saúde da gestante > Constipação intestinal em bebês, mitos e verdades

Constipação intestinal em bebês, mitos e verdades


Definição

Constipação intestinal, ou "prisão de ventre", é a dificuldade de evacuar, devido ao endurecimento e/ou grande volume das fezes, levando à dor e maior esforço defecatório, com possível origem de fissuras anais e até hemorróidas.

Causas de Constipação no Bebê:

1. Alimentação Inadequada.

* Não amamentar ao seio.
* Uso do leite artificial, quando necessário, fora das concentrações recomendadas pelo pediatra ou fabricante.
* Adição de "engrossantes" ao leite artificial.

2. Inibição do reflexo da evacuação.

* Hábito de "segurar" a evacuação. As fezes endurecidas causam dor, havendo então a inibição do esforço defecatório. Aos poucos estas fezes se acomodam na ampola retal, e assim a "vontade passa". Depois de algumas horas tudo recomeça, levando a um círculo vicioso com o endurecimento e compactação das fezes acumuladas.
* Assaduras, podem em alguns casos também levar a inibição deste reflexo, pela dor que acarretam durante a defecação.

3. Pouca atividade física.

* A falta de atividade física (andar, correr), pela imaturidade do sistema locomotor, leva a diminuição dos movimentos intestinais, o que diminui em muito o reflexo da evacuação.

4. Confusão entre constipação e freqüência.

* Muitas vezes crianças amamentadas exclusivamente ao seio, tem o hábito intestinal por exemplo a cada três dias. Como o leite materno é o único alimento natural, exclusivamente feito para o bebê, sendo que somente eles se beneficiam de seu uso, não há muito resíduo alimentar para ser eliminado como fezes. Então é normal um bebê alimentado ao seio ficar alguns dias sem evacuar, e não sentir-se mal por isso. (Quem acaba sofrendo somos nós, pais e avós, até eles evacuarem...) O mesmo não acontece com os leites artificiais, que por produzirem mais resíduos, sofrem fermentação pelas bactérias da flora intestinal, levando a produção de gases. Este processo gera a tão temida e indesejável cólica, se a eliminação das fezes não for diária.

5. Outras Causas de Constipação.

* Estresse, nervosismo, ansiedade, ou seja, fatores emocionais.

Como tratar:

Cuidados Gerais.

* Amamentar ao seio.
* Respeitar o horário de amamentação, buscando sempre uma ritmicidade. (2 em 2, 3 em 3 horas.)
* A mãe que amamenta deve beber boa quantidade de líquidos diariamente. (cerca de 4 litros).
* Brinque, cante, procure tornar o ambiente do bebê muito tranqüilo.
* Sejam minuciosos na higiene, tratando possíveis afecções ano-retais, tais como fissuras e assaduras, que aumentariam as dificuldades de evacuação.
* Não faça uso de laxantes ou supositórios sem o conhecimento do pediatra, e não vá atrás de curiosos!
* Após a introdução de frutas na dieta do bebê, optar pelas ricas em fibras, ou seja, frutas laxantes. (ver lista abaixo)

Alimentos Laxantes:

Laranja
Morango
Tangerina
Kiwi
Mamão
Ameixa preta
Abacate
Mel
Manga
Outros próprios para cada idade...

Obs: Medicamentos, somente com indicação médica.
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

Publicado em: 01/10/2000. Última revisão: 13/08/2018
 COLABORADORES 
Dr. Carlos Patara Dr. Carlos Patara - médico graduado pela Universidade São Francisco em bragança Paulista S.P - Especialista em Pediatria pela SBP. Instrutor de reanimação Neonatal pela American Academy of Pediatrics e SBP. Atua como Médico Pediatra do Corpo Clínico Serviço de Pediatria e Puericultura do Hospital Novo Atibaia - Atibaia – SP
CRM:60.871

todos artigos publicados