Saude na Internet    Desde 1998

início > Saúde da família > Bio Cibernética Bucal

Bio Cibernética Bucal


[Saúde na Internet]
O que é a Bio Cibernética Bucal?

[Dra. Rita Sperandéo]
A Bio Cibernética Bucal (BCB) é o nome de uma das várias escolas odontológicas existentes, a partir das diferentes interpretações do conceito da Oclusão, e que foi criada por dois cientistas brasileiros no começo dos anos 70. (Dr. Mario Baldani e Dr. Denisar L. Figueiredo).

O enfoque da BCB se distingue pela sua abordagem biológico-sistêmica, que dá nome à escola. Colocado isto de uma forma mais simples, significa que para o profissional da BCB o paciente que visita seu consultório é mais do que uma boca, ou seja, a boca está inserida dentro desse complexo sistema biológico, que é o próprio paciente, sendo que o alvo do tratamento é o ser humano como um todo.

O principal objetivo deste enfoque é a procura de uma resposta somática favorável, uma vez reposturado, reabilitado o paciente, segundo os padrões saudáveis do seu programa biológico.

Para isso se vale da valorização do exame clinico; da busca do diagnóstico a partir das informações obtidas via anamnese (investigação sobre a saúde da pessoa); do auxílio de exames laboratoriais; dos resultados médicos para afirmar ou afastar hipóteses; e buscando com a terapia obter os resultados clínicos desejados. Todos esses procedimentos conformam o método empregado pela Bio Cibernética Bucal.

[Saúde na Internet]
De que maneira os desequilíbrios corporais e emocionais se manifestam em nossa boca?

[Dra. Rita Sperandéo]
Como dissemos nosso enfoque é biológico - sistêmico. Partimos do pressuposto que nós humanos temos um programa biológico funcional da espécie, o qual é transmitido de pais para filhos.

Uma vez que ocorram desvios neste programa seja por quaisquer fatores como ambientais ou culturais podem provocar disfunções, que por sua vez podem derivar em patologias.

Quando falamos em desvios deste programa, estes podem começar desde bem cedo em nossas vidas. É o caso dos processos de amamentação e mastigação nos primeiros anos de vida, que quando feitos inadequadamente poderão causar alterações de crescimento facial e oral, e até um quadro de respiração bucal permanente.

O nosso funcionamento orgânico é interativo, veja, por exemplo um estado de tensão muito grande pode nos levar a ranger os dentes, conhecido como bruxismo, com seus conseguintes desgastes e efeitos.

Por outra parte, alterações na relação dos maxilares em geral (mordida cruzada, retrognatismo, prognatismo, etc) apresentam uma estreita correlação com alterações posturais, que por sua vez a literatura científica, associa a padrões emocionais típicos.

Em muitos casos o paciente que necessita ser tratado, reequilibrando os componentes do sistema mastigatório, apresenta um estado de mutilação, já lhe faltam dentes, ou apresenta um problema de relação desses elementos dentais, perdendo assim a eficiência mastigatória, provocando alterações digestivas e até emocionais.

Portanto muitos desequilíbrios corporais e emocionais se refletem na boca e vice versa, já que esta não está separada do corpo

[Saúde na Internet]
Como é realizado o tratamento desses desequilíbrios utilizando a BCB? Ou “ela” apenas trata os efeitos desses desequilibrios?

[Dra. Rita Sperandéo]
Justamente uma das vantagens derivadas do enfoque sistêmico da BCB é a possibilidade de verificar com rigor as causas dos desequilíbrios, o que permite o trabalho de resgate, ou reprogramação dos padrões saudáveis que estão registrados no programa natural humano.

[Saúde na Internet]
Que tipo de pessoas e sintomas podem ser tratados com a BCB? Existem contra-indicações?

[Dra. Rita Sperandéo]
Como nosso objetivo é a manutenção dos padrões sadios do programa natural, seja via preventiva ou terapêutica, não esta restringida a um tipo específico ou idade de pessoas.

O conceito de oralidade, de mastigação elaborado pela BCB, é visto como um envolvimento postural, respiratório, gustativo, olfativo, visual, deglutitivo, digestivo e do trato bucal do bolo alimentar propriamente dito. Daí se compreende que a sintomatologia de muitos pacientes atendidos pela BCB responda a casos de respirador bucal; bruxismo; dores nas articulações da boca; perda de dimensões no rosto; dores de cabeça e/ou coluna; cáries frequentes; problemas envolvendo salivação; problemas posturais; e também como parte da prevenção, orientação aos pais no procedimento correto de amamentação.
Não existem contra-indicações.

[Saúde na Internet]
Qual a terapêutica empregada pela BCB?

[Dra. Rita Sperandéo]
Empregamos a anamnese contínua.

Em relação a ação dos aparelhos, o trabalho se dirige em têrmos preventivos à orientação das diferentes fases de crescimento da criança e do sistema mastigatório e fonador, por via da mastigação dirigida e de exercícios mímicos.

Em adulto, trabalhamos no sentido de eliminar tensões, reposturando as relações dos maxilares e dos elementos dentais entre si, sendo na maioria das vezes antes de uma reabilitação protética quando existe a perda de dentes.
Nestes casos sempre procuramos resgatar condições funcionais de espaço adequado para a lingua, ou seja ampliando o volume bucal, este diminuido pela má posição, ou perda dos dentes, ou pela falta de crescimento dos maxilares.

Para os totalmente desdentados, aplicamos próteses progressivamente ortopédicas .

Como você vê a BCB, pode tratar desde uma criança até um indivíduo maduro, ou com idade mais avançada.
PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

Publicado em: 01/07/2000. Última revisão: 10/05/2018
 COLABORADORES 

Dra. Rita Sperandéo - Cirurgiã - Dentista especializada em Bio Cibernética Bucal, atua em São Paulo, em um consultório particular. CRO: 22321
todos artigos publicados